Business -

10 dicas para não se endividar com o Cartão de Crédito

23 de Setembro de 2021

A verdade é que o cartão de crédito pode ser visto, sim, como uma maneira de realizar compras de forma mais livre. No entanto, é necessário ter cuidado com os gastos exagerados, visto que eles podem sair do controle e acabar fazendo com que as suas dívidas apenas aumentem.

Foto: Pexels

É por isso que há a necessidade de buscar por algumas dicas financeiras que serão o suficiente para se tornar um norte para o corte de gastos. Veja, neste artigo, como evitar que o seu nome fique sujo na praça graças ao uso exagerado do cartão de crédito.

Analise sua situação financeira

Um dos primeiros passos para evitar o endividamento, sem dúvida alguma, é fazendo uma análise geral da sua vida financeira. Muitas pessoas acabam gastando mais do que realmente têm e isso pode ser um grande problema no final do mês, não adiantando nesses casos fazer reclamações no SAC Digital das empresas de Cartão, pois a responsabilidade é de quem fez compras sem ter condições. Para que isso seja evitado, a organização será o meio norteador.

Coloque em um papel tudo o que você ganha em um mês e, em seguida, comece a anotar quais são os gastos essenciais, como água, luz, telefone e internet. Depois disso, verifique quanto irá sobrar para os gastos livres e, se for realmente necessário, use esse dinheiro para fazer alguma compra.

Reduza os gastos mensais

Muitas pessoas ainda possuem o hábito de gastar de maneira desnecessária. Ir a um restaurante ou ver um filme diretamente na sala do cinema podem ser programas muito interessantes, mas quando eles se repetem muitas vezes em um único mês, acabam sendo vistos como gastos desnecessários.

Para fazer com que as suas contas sejam reduzidas mensalmente, que tal programar um programa de lazer apenas uma vez no mês? Assim, será possível deixar a fatura do seu cartão de crédito um pouco mais livre e evitar as dores de cabeça na hora de efetuar o seu pagamento.

Deixe as compras parceladas de lado

As compras parceladas são um grande problema para quem tem cartão de crédito. É bem provável que, no mês seguinte, quando uma compra precisar ser feita, você esteja um pouco desesperado por causa de uma parcela a vencer. Por isso, o ideal é reunir o dinheiro para fazer uma compra à vista e evitar possíveis empecilhos como o parcelamento.

Fique atento ao pagamento da fatura

Ainda que com o desenvolvimento da tecnologia seja muito mais fácil ter um controle financeiro, há quem perca a data de pagamento da própria fatura. Isso pode gerar um grande problema, principalmente porque, caso a pendência não seja resolvida, é provável que o cartão de crédito seja cancelado.

Uma dica simples para que isso não aconteça é, por meio do aplicativo ou site da operadora de cartão de crédito, o cliente solicite o recebimento da fatura do cartão por meio do e-mail ou SMS. Assim, ficará muito mais simples de lembrar qual o valor total da fatura e quando ela deve ser paga.

Faça uma reserva de emergência

Poucas pessoas se preocupam com a reserva de emergência, mas ela pode se mostrar muito necessária no futuro. Imagine ter utilizado todo o limite do seu cartão, mas um imprevisto acontece. O que você vai fazer? Solicitar um empréstimo pode ser uma péssima opção, principalmente por causa da alta taxa de juros.

É por isso que a reserva de emergência se mostra tão necessária. Todos os meses, com o dinheiro que sobrar após o pagamento das contas essenciais, comece a juntar uma determinada quantia mensalmente. Assim, quando precisar do dinheiro, ele estará lá, intacto.

Fique de olho na anuidade

A anuidade é aquela taxa cobrada pela maior parte dos bancos para que seja possível fazer uma administração correta do cartão de crédito, bem como a sua manutenção. Dependendo do tipo de cartão que você possui, o valor poderá ser muito alto. Levando em consideração que muitas operadoras oferecem cartões sem anuidade, a melhor solução seria trocar.

Por que pagar uma taxa mensalmente quando você poderia ficar livre dela apenas trocando de cartão? Evite mais um gasto desnecessário e comece a investir o valor da anuidade em outra área que seja necessária como, por exemplo, um complemento para o pagamento da conta de luz.

Evite ter muitos cartões

Quando temos muitos cartões, é provável que a sensação de liberdade de gastos seja ainda maior. Por isso, o ideal é que você tenha, no máximo, dois cartões de crédito. Isso facilitará, e muito, o controle financeiro e, ainda por cima, diminuirá a tentação de exagerar nos gastos.

Atente-se às pequenas compras

As compras pequenas podem até parecer inofensivas, mas, quando o final do mês chega, a fatura do cartão de crédito poderá te dar um susto. Comprar vários itens por um valor baixo pode até ser prazeroso, mas lembre- se que, na hora do fechamento da fatura, eles irão se acumulando.

Controle os gastos

O controle de gastos é extremamente necessário para que a sua vida financeira se mantenha inteiramente saudável. Nem tudo o que você quer comprar é realmente necessário. Além disso, se possui algum item de desejo naquele momento, passe a juntar o dinheiro mensalmente até conseguir comprá-lo.

Outra dica muito importante é anotar quais são as suas prioridades além dos gastos essenciais do dia a dia. Está precisando de uma geladeira nova? O fogão quebrou? Então evite comprar outros itens que não são tão necessários naquele momento, colocando suas prioridades à frente.

Analise a data de fechamento

Para que a parcela de um único mês não fique extremamente alta, uma dica importante é ter em mente qual o dia do fechamento da fatura de cartão de crédito. Geralmente, ela acontece cerca de dez dias antes da data de vencimento da sua fatura. Dessa maneira, será possível efetuar alguns gastos que não irão acumular.

Às vezes, vale muito mais a pena esperar alguns dias para realizar uma compra do que fazer com que aquele valor seja somado a uma dívida ainda pendente. Sendo assim, não sobrecarregue a sua fatura do cartão de crédito para evitar o endividamento e o nome sujo.

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>