Viver - Saúde

Canabidiol para que serve?

7 de Outubro de 2021

O CBD vem sendo alvo de controvérsias no mundo todo desde que a descoberta de seus efeitos terapêuticos tem sido estudados. Desde então, diversos cientistas e profissionais da área acadêmica tem se interessado pelo assunto e publicado vários experimentos como o estudo “Canabidiol na doença de Parkinson” de Rieder CR. E Braz J publicado em Psychiatry. 2020; 42 (2): 126-127

Relacionei aqui alguns desses resultados.

1. Dor

Estudos em animais mostraram que o CBD tem efeitos antiinflamatórios e atua nos sistemas endocanabinoides e de detecção da dor para aliviar a dor.

Infelizmente, existem poucos ensaios em humanos que investigam o uso de CBD como um agente único para aliviar a dor, com a maioria dos ensaios usando uma combinação de CBD e THC para aliviar a dor. Notavelmente, a Health Canada aprovou uma combinação de medicamentos que contém THC e CBD em uma proporção de 1: 1 para o alívio da dor relacionada ao nervo central na esclerose múltipla e dor oncológica que não responde à terapia opioide otimizada.

Um estudo observacional do tratamento com CBD relatou uma melhora nas medidas auto-relatadas de qualidade de vida para pessoas com dor não relacionada ao câncer, mas não houve melhora estatisticamente significativa naquelas com dor relacionada ao câncer ou com sintomas neurológicos.

Uma série de casos de 47 pessoas com esclerose múltipla relatou melhorias na dor, caminhada e espasmos musculares com uma combinação de CBD e THC.

Estudos em animais mostraram que o CBD tem um efeito positivo nos níveis de serotonina no cérebro e na serotonina. Pensa-se que os baixos níveis de serotonina desempenham um papel fundamental no humor, bem como na dor.

Outra pesquisa (animal e humana) mostrou que o CBD tem efeitos antiinflamatórios e pode aliviar a dor por esse mecanismo.
O CBD pode interagir com outros medicamentos usados ​​para tratar doenças cardíacas ou imunossupressores, portanto, você deve sempre conversar com seu profissional de saúde antes de tomar o CBD.

Conclusão: o CBD pode ser benéfico no alívio da dor.

2. Náusea e vômito

A maioria dos estudos que investigam se o CBD é benéfico no alívio de náuseas ou vômitos tem usado uma combinação de CBD e THC, em vez de apenas o CBD sozinho. Uma revisão de 2016 concluiu que a combinação é mais eficaz ou tão eficaz quanto um placebo.

Pesquisas mais recentes indicam que o THC é mais eficaz na redução de náuseas e vômitos do que o CBD.

Conclusão: É improvável que o CBD seja eficaz por si só para náuseas e vômitos mas a combinação de THC e CBD parece ser eficaz para náuseas e vômitos.

3. Acne

Um estudo de laboratório descobriu que o CBD evitou que os sebócitos humanos criassem muito sebo, além de ter um efeito antiinflamatório, impedindo a ativação de citocinas inflamatórias. Como o excesso de sebo e a inflamação são características da acne, o CBD tópico pode ser um tratamento eficaz para a acne e pode prevenir ou reduzir futuras erupções.

Conclusão: O CBD tópico pode ajudar a aliviar a inflamação e a produção excessiva de sebo associada à acne.

4. Depressão

Estudos em animais mostraram algum efeito do canabidiol para ansiedade e no alívio da depressão, possivelmente relacionado ao seu forte efeito anti-estresse após administração aguda ou repetida.

Estudos em animais mostraram que o CBD tem um efeito positivo nos níveis de serotonina no cérebro e na serotonina. Pensa-se que os baixos níveis de serotonina desempenham um papel fundamental no humor, bem como na dor.

Conclusão: o CBD ajuda no tratamento da depressão.

Outras condições

Muitos outros estudos, tanto em animais quanto em humanos, concluíram de forma esmagadora que o canabidiol cura esquizofrenia e tem propriedades imunossupressoras e antiinflamatórias que podem torná-lo uma boa escolha para algumas doenças autoimunes ou queixas relacionadas à inflamação.

Além disso, mais estudos são necessários para investigar seu uso em várias outras condições, como espasticidade muscular na esclerose múltipla, doença de Alzheimer, tratamento para abuso de substâncias e proteção contra diabetes.

Os efeitos colaterais do CBD podem incluir náusea, cansaço e irritabilidade, e pode interagir com alguns medicamentos, como a varfarina.

Canabidiol onde comprar

Ao comprar CBD, você tem duas opções - comprar de um site estrangeiro por sua conta e risco ou comprar de uma empresa no Brasil que cuide de todo processo e lhe dê toda garantia e segurança. 

Comprar em sites internacionais tem alguns problemas. Eles não conhecem as regras da legislação do Brasil muito menos a burocracia de importação que temos em nossa Aduana. Por consequencia, seu Oléo de CBD poderá ficar retido na alfandega ou até devolvido para o remetente e você não será reembolsado dos custos de tal operação. Definitivamente não é a melhor opção e o risco não compensa pseudo benefícios.

A boa novidade é que existem empresas no Brasil que cuidam de todo processo de importação do Oleo de Canabidiol para o cliente, e também há a vantagem de comparar produtos disponíveis e você pode falar diretamente com um consultor de vendas para obter respostas às suas perguntas. 

Você não só pode comprar marcas diferentes, mas se comprar óleo CBD online, poderá até ter desconto. Comprar online também significa que você pode verificar as informações da formulação e os resultados dos testes de laboratório de terceiros antes de comprar.

O melhor de tudo é que você não precisa se preocupar com nada além do pagamento e aguardar o prazo estabelecido. Porem, nem todas empresas cumprem o prometido e muitas fazem o cliente passar por uma verdadeira via crucis para obter o seu óleo de cbd. 

Procure por empresas que prestam bom atendimento e assistência, e que tem norrau no ramo. Veja suas avaliações no Google e em outras plataformas e após isso tome sua decisão. Tudo dará certo.

Sucesso!

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>