Viver - Saúde

11 mitos e verdades sobre harmonização facial

6 de Outubro de 2021

Especialista esclarece dúvidas sobre o procedimento estético

A busca por um rosto mais bonito e harmônico através da harmonização facial é um dos procedimentos estéticos que ganhou destaque nos últimos anos. Mas será que é indicado para todos os tipos de pele? 

A Dra. Melani Nunes, dentista e especialista em harmonização facial, esclarece essa e outras dúvidas sobre harmonização e desarmonização facial.

Harmonização facial é indicada para todos os tipos de pele

VERDADE - A Harmonização é indicada para todos tipos de pele, podendo ser realizada até mesmo em pacientes com cicatrizes e acnes no rosto.

Harmonização facial deixa a pele esticada e faz perder a sensibilidade

MITO - As aplicações do ácido hialurônico e da toxina botulínica são feitas de formas superficiais e por isso não alteram a sensibilidade da pele.

Harmonização facial pode ser realizada por cirurgião dentista

VERDADE - Inclusive é uma especialidade exclusiva da odontologia.

Os resultados parecem artificiais

MITO - Cada pessoa possui traços e características únicas que devem ser consideradas ao realizar procedimento. Por isso, a Harmonização é feita com base em um estudo detalhado e individualizado do rosto do paciente, visando sempre resultados naturais. 

O preenchimento facial é um procedimento definitivo

MITO - O componente utilizado nos preenchedores é feito de ácido hialurônico que com o passar do tempo é reabsorvido pelo organismo.

A bichectomia envelhece ou provoca flacidez

MITO - A bola de bichat fica em uma camada profunda do rosto.

Tem restrição de idade

MITO - Havendo indicação de um profissional capacitado e a necessidade pode ser feito em qualquer idade.

Se fizer muitas vezes, com o tempo o procedimento perde o efeito

MITO - O resultado é acumulativo em alguns procedimentos.

Desarmonização é irreversível

MITO - A desarmonização pode ser totalmente reversível se for feito com ácido hialurônico.

O que é desarmonização?

São casos mal sucedidos de harmonização facial, onde o paciente não está satisfeito com o resultado.

Qual processo para corrigir uma desarmonização?

Conseguimos reverter com uma enzima chamada hialuronidase.

Fonte:

Dra. Melani Nunes

Dentista e especialista em harmonização facial

Instagram: dra.melaninunes

Sobre Dra. Melani Nunes

Formada pela Universidade Cidade de São Paulo em 2009, a dentista Melani Nunes hoje é referência em harmonização facial com foco na naturalidade, respeitando os traços e individualidade de cada paciente.

Desde a infância, ela se apaixonou pela profissão e teve certeza de que na Odontologia queria seguir carreira. “Eu sempre fui atendida pela mesma dentista e ficava encantada com o espelhinho, a luz, a cadeira. Olhava nos livros as mudanças nos sorrisos, então tive certeza absoluta que o que eu queria para a minha vida era ser dentista”, conta a Melani Nunes.

O início de sua carreira foi na área de bucomaxilofacial, e quando surgiu a parte de estética e harmonização ela se especializou e decidiu focar a sua atuação totalmente na estética com tratamentos como preenchimento, toxina botulínica, fios de sustentação, bioestimuladores de colágeno, microagulhamento, peeling, Skinbooster e cirúrgicos são bichectomia e lipoaspiração.

Muita além da estética, a saúde de seus clientes é a prioridade. Por isso, sempre está estudando e adquirindo novas técnicas para oferecer o melhor atendimento.

Atualmente os atendimentos são realizados no Tatuapé e Paraíso, mas a partir do dia 01 de agosto a Clínica Mel Nunes Harmonização Orofacial será inaugurada na Berrini, que também contará com o apoio de uma equipe especializada em saúde e estética bucal.

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>