Colunistas - Rodolfo Bonventti

Uma revista em movimento conquista bons índices nas noites de domingo na TV Manchete

25 de Janeiro de 2021

Idealizado pelo jornalista Fernando Barbosa Lima, no início o programa tinha como cenário o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, e os apresentadores tinham como fundo as lindas esculturas e quadros que compunham o Museu.

Programa de Domingo - Georgia Wortman e Ronaldo Rosas

Na apresentação do “Programa de Domingo”, que ia ao ar das 20 às 22 horas, estavam sempre dois jornalistas. O programa começou com Carlos Bianchini e no campo feminino um rodízio entre a atriz Maitê Proença e as jornalistas Márcia Peltier e Kátia Maranhão. Bianchini foi substituído por Paulo Alceu e depois por Ronaldo Rosas, que no final apresentou a atração por mais tempo.

O tema de abertura do programa era “Where’s The Walrus?”, do conjunto The Alan Parsons Project e a revista eletrônica da TV Manchete tinha um quadro só para discutir as novidades da Economia, comandado pela jornalista Miriam Leitão em sua estréia na TV, e outro sobre Moda com o comando da modelo Geórgia Wortman.

Quem também estreou no “Programa de Domingo” foi a jornalista Leila Richers, que realizava entrevistas especiais, e pelo seu bom desempenho algum tempo depois assumiu a apresentação do “Jornal da Manchete”.

Um dos mais longevos da TV Manchete, a revista eletrônica ficou no ar por 15 anos, sempre registrando bons índices de audiência para a emissora carioca. Na sua  fase, que começou em 1989, uma parte do programa era composta de reportagens especiais que geravam debates ao vivo nos estúdios da emissora.

O “Programa de Domingo” continuou no ar mesmo depois do fechamento da TV Manchete e das suas operações terem passado para a TV Ômega, e até a Rede TV! assumir de vez o canal 9 de São Paulo. O último programa foi ao ar em 7 de novembro de 1998.

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>