Colunistas - Patrícia Fernandes

Willian Lopes: apresentador, narrador, repórter e jornalista fala sobre O jornalismo no esporte

19 de Novembro de 2020

Na noite da última terça-feira (17/11), o convidado da live com a jornalista Patricia Fernandes foi WILLIAN LOPES. Jornalista, apresentador, repórter esportivo e, atualmente, Narrador do DAZN, que é uma plataforma streaming. Também trabalha como comentarista esportivo da Rede Vida, fazendo coberturas para  a Conmebol, entidade que cuida do futebol da América do Sul.

WILLIAN LOPES, conhecido por ser um dos grandes nome da imprensa esportiva brasileira, atuando durante quase 20 anos na TV BAND e participando das principais coberturas da emissora, inicia sua live mostrando como seu carisma e simplicidade, dizendo que dispensa apresentações, pois não se sente uma pessoa conhecida, entretanto fazemos questão de enfatizar o belo curriculum que o jornalista Willian traz em sua trajetória, que por sinal trata-se de um currículo almejado por muitos comentaristas esportivos e estudantes de jornalismo.

Nascido em Pirassununga, interior de São Paulo, Willian construiu sua carreira em veículos de imprensa paulistana. Iniciou sua carreira como locutor de rádio AM (Rádio Difusora de Pirassununga) e alternando horário de trabalho com o banco, além das aulas da Faculdade de Jornalismo no período noturno na cidade de Ribeirão Preto.

O esporte para Willian sempre foi a grande paixão, desde o início ele já almejava seguir sua carreira voltada para o esporte, transmitindo sempre jogos, participando de esportes, chegando até a jogar futebol, tendo que parar devido a uma torção no joelho.

Já no meio do curso de jornalismo, Willian recebeu  proposta de trabalho na cidade de Ribeirão Preto, tendo que mudar-se de Pirassununga, de lá trabalhou por algum tempo em algumas rádios e também emissoras, mas como se não bastasse o interior ainda era pequeno para esse grande jornalista, foi ai que William veio para a Capital.

Willian destaque que ter começado na rádio foi o que lhe ajudou muito, e costuma dizer que “é a grande faculdade do jornalismo a rádio, pois é através do rádio que adquiri todo improviso a comunicação do rádio te ajuda muito no decorrer da tua vida, quando por exemplo você chega na televisão, você tendo o improviso do rádio você facilita muito a sua trajetória”.

Vindo para São Paulo, Willian não parou mais, pois foi contratado pela Band TV, e ai que sua carreira tomou grandes proporções, participando das maiores coberturas da emissora entre os anos de 2007 à 2016, entre elas; 2007 - Pan Rio ; 2008 - Olimpíada Pequim ; 2009 - Copa das confederações - África do Sul ; 2010 - Copa da África do Sul ; 2011 - Copa América na Argentina; 2012 - Olimpíada de Londres;  2013 - Copa das confederações – Brasil;  2014 - Copa do Brasil; 2015 - Copa América; 2016 - Olimpíada do Rio de Janeiro.

Indagado sobre a mudança de passar do rádio para a TV Willian explica que realmente é outra linguagem, para Willian; “a linguagem do rádio é uma, e a linguagem da Televisão é outra, por exemplo no futebol quando estamos transmitindo um jogo você tem a imagem para quem está assistindo, já no rádio você tem que desenhar o lance para quem está ouvindo, já na televisão você a gente tem que contar a historinha lá, mas sabendo que a pessoa já tem a imagem e sabendo que a própria história é diferente, então eu precisei ter um momento de adaptação sem dúvida nenhuma”.

Outro momento de adaptação que Willian teve que enfrentar em sua carreira foi quando ele começou a narrar pela TV Clube, filiada da TV Bandeirantes outras coberturas não só esportivas, precisando se adaptar as pautas que lhe eram passadas sendo elas policiais, politicas, entretenimentos, mas, nunca deixando sua paixão pelo esporte, até formar um time da sua área predileta.

Willian também conta durante a live de como era sua rotina de trabalho de reportagens, os comentários e as chamadas ao vivo, suas lembranças de jogos narrados e descreve as emoções vividas durante sua carreira ao longo dos 20 anos de TV, cobrindo copas de mundo e olimpíadas.

Para Willian fica até difícil escolher um único momento mais marcante durante toda sua carreira, pois segundo ele foram muitos tanto tristes, como alegres, mas um dos mais marcantes foi cobrir a copa do mundo sem dúvida dentro do campo, para ele foram momentos únicos e inesquecíveis, para quem quiser saber mais momentos, vale a pena assistir a live.

Perguntamos a Willian quem é seu maior ídolo dentro do jornalismo na narração ele diz que foi sem dúvida Luciano do Vale, e ressalta o prazer de poder ter trabalhado ao lado desse grande “amigo”, do qual além de colega de trabalho se tornou muito próximo de sua família, e também ressaltou grandes nomes como Galvão Bueno como tantos outros nomes Mauro Naves, Tino Marcos, além de outros grandes amigos dentro da profissão.

Indagado pela Jornalista Patricia, de quem é Willian, o mesmo se define como, uma pessoa muito tranquila, agradece a Deus e reconhece que construiu uma trajetória de fazer boas amizades, se qualifica como um pessoa da paz, e suas discussões são sempre construtivas para melhorar situações, sendo uma pessoa do bem, tranquila e da paz.

Perguntado a quem Willian daria seu Cartão de Visita hoje, gentilmente Willian ofereceu a Jornalista Patricia, que agradeceu prontamente, entretanto retribui devolvendo o mesmo ao pai de Willian o Sr. Waldyr José de Souza, “in memoria”, dentista muito conhecido na cidade de Pirassununga, sendo certo de que onde quer que ele esteja estará muito orgulhoso de toda história construída da carreira jornalística do seu filho.

Quem não conseguiu e quiser assistir a live, já está disponível também no nosso canal do Youtube Cartão de Visita News!

Para quem quiser acompanhar o Willian segue o Instagram: williamlopessouza

A Live ainda encontra-se disponível no Instagram: @patriciafernandes.jornalista                                                               

Fonte: Patricia Fernandes

 

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>