Viver - Esporte

Brasileirão Feminino: Palmeiras bate o Inter e está na final

8 de Setembro de 2021

O Palmeiras acabou de conquistar sua vaga na final do Brasileiro Feminino de Futebol 2021. A equipe paulista venceu o jogo de ida e tinha o empate ao seu favor na partida de volta. E mesmo começando a segunda partida levando um susto, as Palestrinas conseguiram terminar o jogo goleando por 4 a 1 e agora irão disputar mais um título nacional.

Na final, ocorrerá um clássico paulista, já que o Verdão irá pegar o Corinthians, que  desbancou a Ferroviária nas semifinais. Dessa forma, o jogo entre os rivais deve movimentar bastante as plataformas com as melhores apostas esportivas, assim como as redes sociais, por onde os torcedores devem demonstrar o seu apoio, já que o retorno do público aos estádios ainda não foi autorizado. 

O primeiro confronto da final irá ocorrer no próximo domingo, 12 de setembro, e o mando de campo será do Verdão. Enquanto isso, o segundo jogo da final está marcado para o dia 26 de setembro, na casa do Corinthians

Detalhes do jogo

O Internacional veio para o jogo pressionando a saída de bola, já que precisava reverter o resultado negativo da primeira partida, quando perdeu por 3 a 1. A pressão da equipe gaúcha rendeu um bom ataque logo no primeiro minuto de jogo, mas a goleira do Verdão conseguiu defender a meta com tranquilidade.  

No entanto, a pressão do Inter durou apenas até os seis minutos da primeira etapa, quando o Palmeiras conseguiu uma bela troca de passes e saiu em velocidade em um contra-ataque rápido e fulminante. A bola chegou aos pés de Julia Bianchi, que deu uma bela para Chu, a qual finalizou com sucesso, conseguindo surpreender a goleira Vivi e pondo o Porco na frente do placar. 1 a 0.

Com isso, a situação do Internacional se complicou ainda mais e a equipe precisou se lançar ao ataque com tudo. Dessa forma, o Verdão passou a explorar as brechas deixadas pelas Coloradas, mas não conseguiu ampliar o placar. No retorno do intervalo, mais uma vez o Inter tentou impor seu jogo, tentando reverter o placar negativo. E aos 13 minutos as Coloradas conseguem um bom ataque após uma bobeada da defesa Alviverde, e Mileninha acaba recebendo a bola em uma ótima posição e finaliza para gol, vencendo a goleira Jully, deixando tudo igual. 

Após o susto, as Palestrinas acordaram para o jogo e logo se puseram no ataque. Chu foi lançado e conseguiu ganhar na velocidade de Sorriso, que só parou a atacante com uma falta. Como era um lance claro de gol, a defensora recebeu o vermelho, desfalcando as Coloradas pelo resto do duelo. Com a superioridade numérica em campo, o Palmeiras mais uma vez conseguiu ficar à frente do placar. Julia Bianchi fez uma jogada pela linha de fundo e cruzou para a área. A goleira Vivi espalmou a bola atabalhoadamente, fazendo com que ela caísse próxima a Maria Alves, que pegou o rebote, dominou com classe e arrematou para o gol. 2 a 1. 

Já o terceiro gol do Verdão aconteceu aos 37 minutos e sacramentou a vitória e classificação da equipe para a final. Ottila foi empurrada por Thessa dentro da área, e a juíza não teve alternativa a não ser apontar a marca da cal, confirmando o pênalti para o Palmeiras. Katrine fez a cobrança com firmeza não dando a menor chance para Vivi, que apesar de ter acertado o canto, não alcançou a bola, fechando o placar em 3 a 1. 

Com o triunfo, o Palmeiras fez história duplamente, já que além de chegar na final do Brasileirão Feminino no atual formato pela primeira vez, elas também conseguiram garantir a vaga inédita na Libertadores Feminina, que será realizada ano que vem. 

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>