Colaboradores - Miss e Mister Brasil

Betsy Perdomo se transforma em Giana Snow e é símbolo de empoderamento feminino na internet

7 de Abril de 2021

Avassaladora, a modelo Giana Snow é um símbolo de empoderamento feminino, esbanjando sensualidade em ensaios fotográficos e vídeos produzidos para a internet. No entanto, o que poucos sabem é que antes de ser uma das modelos mais requisitadas da plataforma Only Fans, sua carreira era sobre os palcos, em competições de fisiculturismo, na categoria bikini fitness, onde conquistou vários prêmios.

Com apenas 18 anos, Betsy emigrou da Venezuela para a Espanha, e seguiu praticando esportes como vôlei e kicking ball e se tornou atleta fitness. Hoje, migrando dos palcos de fisiculturismo para as redes sociais, Betsy Perdomo adotou o nome artístico Giana Snow e se tornou uma das mais bem sucedidas modelos fitness da internet.

Bikini Fitness

Sua carreira de atleta profissional teve início em 2014, quando obteve o primeiro lugar no campeonato espanhol AEFF na categoria bikini fitness, a primeira de suas muitas conquistas, como o 1º lugar no campeonato da Espanha 2015; 1º lugar no campeonato Olympia AEFF 2015 e 2016; 2º lugar no Campeonato Europeu IBFF 2015; 1º lugar Open Barbarian Elite 2015 e 1º lugar no Campeonato Europeu 2016.

Fenômeno Web

Após o seu último campeonato, em novembro de 2016, a atleta considerou que já tinha conquistado tudo o que se propôs e deixou o mundo das competições para começar a treinar como personal trainer e expandir os seus conhecimentos no mundo da nutrição e saúde.

Agora, Giana Snow acumula quase 600 mil seguidores no Instagram e se tornou uma das modelos mais conhecidas da Europa no segmento fitness e sensual, agraciando os internautas com poses ousadas onde exibe toda a sua beleza, além de ser uma das modelos mais requisitadas da plataforma Only Fans.

Empoderamento feminino

A modelo acredita que representa mulheres por todo o mundo com o seu trabalho e vê a sensualidade como forma de empoderamento. “Meu corpo, minhas regras. Chega de ser reprimida e ter medo da propria sensualidade. É uma declaração de amor próprio e de libertação se permitir ser sexy, ser desejada, sem medo de preconceitos ou julgamentos.”

Comentários
Assista ao vídeo