Colunistas - Rodolfo Bonventti

Bandeirantes investe em programa diário para o público masculino e nasce o Esporte Total

8 de Outubro de 2020

Em 19 de dezembro de 1983, bem na hora do almoço, ou seja, das 12h às 13h, a TV Bandeirantes lançou um programa que tinha como alvo o público masculino que estava de folga naquele horário. Era o “Esporte Total”, uma das atrações mais longas da emissora e que só saiu do ar em janeiro de 2007.

O primeiro apresentador do “Esporte Total” foi Luciano do Valle, que se revelou um apresentador com bom jogo de cintura para comandar debates, reportagens ao vivo e comentar os principais fatos diários que envolviam o esporte nacional e internacional.

Toda a equipe esportiva da TV e da Rádio Bandeirantes foi requisitada para participar do programa, que logo se tornou uma das maiores audiências da emissora, criando um hábito que logo foi copiado por outras emissoras, a de ter um telejornal ou programa esportivo bem na hora do almoço.

O “Esporte Total” também marcou um grande rodízio de apresentadores em todo o tempo que ficou no ar e por lá passaram nomes masculinos e femininos de peso e que cobriam esportes variados para a televisão nessa época.

O programa foi também um dos primeiros a abrir a oportunidade para que as mulheres comandassem um programa esportivo e que tinha como público alvo, os homens. Por lá passaram e brilharam: a apresentadora e modelo Cléo Brandão; a jornalista Silvia Vinhas e as apresentadoras e repórteres Letícia Levy e Ana Luiza Castro.

Elia Junior foi outro profissional que por mais de dez anos apresentou o “Esporte Total” e, a partir de 1999, a atração muda dando mais espaço para o debate e traz o polêmico Milton Neves para o comando do programa, tendo como companheiros de debates e comentários, os jornalistas Alberto Helena Junior, Osmar de Oliveira, Mauro Beting e o ator e diretor Cacá Rosset, que mostrou que também dominava o assunto.

Em 2003, o “Esporte Total” dá outra guinada e a Bandeirantes contrata outro polêmico, o jornalista Jorge Kajuru, para comandar a atração, que de polêmica em polêmica quase apanhou no ar do lutador de boxe Marinho Soares, que não gostou quando, ao vivo, Kajuru lhe disse que ele havia perdido uma luta por ter sido covarde.

O apresentador deixou o programa em 2004 e quem o substituiu foi José Luiz Datena, que tinha como convidado especial o ex-jogador e comentarista esportivo Neto.

Portanto, uma característica que marcou o “Esporte Total” foi a de nos últimos anos de sua exibição, substituir um apresentador polêmico por outro no mesmo nível do anterior.

Depois de mais de 20 anos no ar, a atração saiu do ar no final de janeiro de 2007 para ser substituído pelo programa “Jogo Aberto”, comandado pela bela e competente Renata Fan.

Comentários
Assista ao vídeo
cture-in-picture" allowfullscreen>