Colunistas - Patrícia Fernandes

A Luta contra o Coronavírus

7 de Maio de 2020

No Brasil, país que na terça-feira sofreu seu recorde de mortes (600) pela Covid-19, a batalha contra o vírus ainda se mostra árdua e incessante. É difícil tratar de um assunto que não seja o combate à doença dentro de uma Unidade de Terapia Intensiva, onde a todo momento pacientes entram e saem - às vezes sem vida.

Vamos entender a realidade...

PRIMEIRO: Aqui no Brasil temos tido um número considerável de jovens graves nos CTIs

SEGUNDO: Você pode pensar: é só tomar a hidroxicloroquina e no dia seguinte tá tudo bem... o remédio milagroso... vamos desenhar agora pra você entender?

TERCEIRO: Se a pessoa vai pro CTI torça para não piorar com a insuficiência respiratória.  Se piorar, precisará ser intubado, vamos pra primeira imagem. Vemos um tubo na garganta do doente que vai até a traqueia. Torça para você não ter nenhum desvio de traqueia ou qualquer outra coisa que dificulte sua intubação...

QUARTO: O tubo será conectado a uma máquina que vai "respirar" por você, ou seja, o ventilador mecânico. Torça para ter ventilador no hospital...

QUINTA: Para que você seja intubado, precisará ser sedado e tantas outras medicações que um acesso periférico não suportaria. Nesse caso terá que ser puncionado um acesso profundo que infundirá a medicação direto na veia mais profunda, esse cateter é fixado no pescoço, virilha ou região da clavícula.

SEXTO: Muitas vezes a pressão da pessoa cai muito devido a sedação ou choque séptico. Nesse caso para ter a mensuração fidedigna da pressão é instalado um cateter na sua artéria (no pulso normalmente) para verificar instantaneamente a sua pressão artérial.

SÉTIMO: Se você tiver condições de se alimentar será passado uma sonda nasoenteral para alimentação, ou caso seja preciso poderá ser passado uma sonda nasogástrica para esvaziamento gástrico.

OITAVO: Para melhor controle hídrico será instalado uma sonda vesical de demora também para mensurar a sua urina. Essa sonda é introduzida da uretra até a bexiga.

NONO: Muitas drogas utilizadas para "tratar" uma coisa, podem piorar outras como a função dos rins... Torça para não precisar fazer hemodiálise. Nesse caso é instalado um cateter bem calibroso na sua jugular (pescoço) ou virilha, daí o seu sangue sai e passa pela máquina de diálise para ser filtrado.

DÉCIMO: Dependendo de como ficar seu pulmão você terá que ser pronado ou seja, virado de bruços durante um tempo.

E para finalizar... Torça para ter uma equipe de intensivistas bons, com experiência em pacientes de SARA, H1N1 e afins porque só a medicação não resolve se não tiver uma equipe boa por trás...

Lembrando também que a fisioterapia é imprescindível nessa hora... um bom fisioterapeuta faz toda diferença!

Outra coisa importante, o paciente covid não recebe visitas. Fica sozinho, sem ouvir ou ver aquela pessoa que você ama durante muitos dias. E se morrer também será um enterro rápido e sem muitos amigos, ok?!

ENTÃO É ISSO...

Se você acha que vale correr o risco, fica à vontade pra passear na rua. Mas se você, assim como eu não quer passar por nada disso, então fica em casa.

É melhor ser paciente (paciência) do que ser paciente (enfermo).

É tempo de cuidar de nós. Porque é cuidando de nós, que estamos cuidando do próximo, da nossa família, dos nossos amigos, da nossa economia e da nossa sociedade!

Texto produzido por Kelly Sidnei Farias

Imagens Abrantes Abrantes Abrantes

Comentários
Assista ao vídeo