Colaboradores - Thiago Michelasi

Artista Plástico Diego Moura expõe obras surrealistas na Vogue Gallery Brasil, no Rio

5 de Fevereiro de 2020

O artista plástico Diego Moura apresenta parte das obras do projeto "Um dedo de arte - do digital ao orgânico", na Vogue Gallery Brasil, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Sob curadoria de Fátima Simões, o espaço apresenta a exposição "Brasilidade", que reúne obras de artistas que se aprofundam na cultura nacional.

Segundo Fátima, Diego Mora, faz parte de uma classe de artistas que trabalham com a poética digitalista. Ou seja, eles desenvolvem obras orgânicas, mas que nascem com ajuda de ferramentas digitais:

—Diego enxerga a tela do celular como uma prancheta usada na construção dos primeiros traços de uma obra de arte. Isso é fantástico, porque são telas com uma extensa paleta de cores, com formas que transitam entre as estéticas surrealista e a pop.

Para o artista que recentemente apresentou parte de seu trabalho em São Paulo, voltar a expor no Rio lhe traz um certo conforto. A tela "O caçador", é um dos destaques dos trabalhos de Moura que pode ser conferido na exposição.

— Meu trabalho nasce dos meus sonhos, das minhas leituras de livros, matérias de jornais e das pessoas. Gosto de ler as pessoas e de decodificá-las com os meus traços. Distorço as formas para prender o olhar e provocar reflexão — comenta Moura.

A Vogue Gallery Brasil fica no Vogue Square, na  Avenida das Américas 8585 - Barra da Tijuca. De seg a sáb, das 10h às 22h. A exposição vai até o dia 7 de março.  

Saiba mais sobre Diego Moura através do Instagram: instagram.com/umdedodearte

Comentários
Assista ao vídeo